Tendências tecnológicas no mundo da beleza – Beleza e dieta

Tendências tecnológicas no mundo da beleza

O forte impacto do aquecimento global e a perda de biodiversidade são alguns dos problemas que a humanidade está tentando desesperadamente conter. E a indústria da beleza é um dos setores que querem contribuir com seu grão de areia para essa missão. Mas quais as tendências tecnológicas no mundo da beleza?

De fato, as marcas de beleza estão usando tudo, desde inteligência artificial (IA) até realidade aumentada (RA).

Seu objetivo é claro, minimizar o uso de petroquímicos que não apenas intensifiquem a dependência de hidrocarbonetos, mas também afetem a saúde dos consumidores. E substitui-los por ingredientes ecológicos.

As marcas buscam se renovar através da tecnologia.

Assim sendo, para ajudar você a entender mais sobre as tendências tecnológicas no mundo da beleza, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Tendências tecnológicas no mundo da beleza

Personalização e inteligência artificial

De acordo com uma empresa de pesquisa de mercado, a demanda por cosméticos personalizados está crescendo em alta velocidade.

Quase metade dos consumidores gosta da ideia de que um produto de beleza é personalizado especialmente para eles. E um terceiro acredita que esses produtos dão melhores resultados.

Daí o surgimento de novas tecnologias aplicadas ao setor de beleza, como a implementação pela Lancôme, uma subsidiária da L’Oreal, de uma máquina base personalizada chamada Le Teint Particulier, que promete encontrar a cor exata para sua pele, usando Inteligência Artificial.

Aplicativos de teste

À medida que as compras on-line aumentam, as marcas de beleza estão usando cada vez mais a realidade aumentada (RA) para melhorar a experiência.

Assim, o reconhecimento de imagem ou rastreamento facial são algumas das novas tecnologias usadas no setor de beleza.

Amorepacific, uma loja de produtos na Coreia do Sul, que instalou um espelho com realidade aumentada que permite que você veja em tempo real se os tons dos cosméticos são adequados. O espelho tira uma fotografia e analisa as linhas de expressão, o tom e a textura da derme… E, em seguida, recomenda o produto exato para cada tipo de pele.

Outro caso é a plataforma Virtual Artist da Sephora, que permite que os usuários experimentem produtos como lápis de olho ou batons em seus smartphones.

E também com o aplicativo de bancos de dados personalizados que a Lancôme criou sob o nome de Virtual Try-On Makeup. Ajuda a encontrar a cor exata da pele graças à realidade aumentada.

Por outro lado, embora alguns críticos alertem que os aplicativos não substituem a prova real, o editor de inovação da Vogue Business, Maghan McDowell, concorda que os programas não são 100% precisos. Mas os clientes ainda os consideram úteis.

Ferramentas inteligentes de cuidados com a pele

Você confiaria em um computador para avaliar sua pele? Isso é exatamente o que o HiMirror fabricado pelo New Kinpo Group de Taiwan faz.

O programa tira uma foto do seu rosto toda vez que você faz login e a digitaliza em busca de rugas, manchas vermelhas, poros, linhas de expressão e níveis de brilho.

Como o Olay, que oferece um aplicativo semelhante chamado Skin Advisor. E a nova FutureYou Simulation, que usa realidade aumentada para mostrar aos usuários como será sua pele e rosto no futuro.

Maquiagem impressa

Você consegue imaginar ser feito por um robô? Se você vê isso como uma opção no futuro, deve saber que alguns dispositivos já estão sendo testados hoje.

Por exemplo, uma impressora de maquiagem apresentada na edição de 2019 do Consumer Electronics Show (CES), uma das maiores feiras de tecnologia do mundo.

Por sua vez, a agência de design Seymour Powell apresentou uma ideia de impressora que permitiria que os estilos de maquiagem vistos na internet fossem baixados e impressos diretamente no rosto das pessoas.

Combinando impressão 3D, tecnologia de reconhecimento facial e análise de imagem por meio de inteligência artificial, o Élever permitiria que marcas e influenciadores vendessem estilos de maquiagem diretamente aos consumidores.

3D ou e-make up

Uma das últimas tendências em tecnologia de beleza envolve o uso de cosméticos que não são reais.

Inspirados em filtros de realidade aumentada no Snapchat e Instagram, os artistas de maquiagem eletrônica permitem que você baixe looks de maquiagem para melhorar sua imagem digital.

A indústria da beleza: peixe pequeno versus peixe grande

Nos últimos 14 anos, a indústria de cosméticos experimentou um crescimento constante, em torno de 4% ao ano. Em maio de 2017, o setor de beleza foi avaliado em cerca de US$ 445 bilhões. Criando uma indústria próspera para indivíduos, até agora principalmente mulheres, que querem ter grande sucesso em uma indústria de empreendedorismo.

Além disso, deve-se notar que houve uma proliferação de pequenas empresas em vários setores, incluindo a indústria de cosméticos. Um bom número de empresas apareceu no setor de beleza, cada uma com sua própria visão.

Essas empresas, por sua vez, despertam o interesse de marcas maiores, como L’Oreal e Maybelline. E a grande maioria chega a acordos de compra, como a transação de US$ 1,2 trilhão entre a L’Oreal e a IT Cosmetics em agosto de 2016.

Acordos que ocorrem devido às múltiplas barreiras impostas para que as pequenas empresas cheguem aos mercados globais.

No entanto, as marcas menores, bem como as marcas mais reconhecidas, tiveram a possibilidade de serem conhecidas em todo o mundo graças à exposição nas redes sociais e recomendações pessoais em todas as plataformas.

As forças estão agora sendo equalizadas em termos de posicionamento, com a fusão de empresas, mudanças na publicidade e tecnologia e a evolução dos produtos.

Gostou de saber mais sobre as tendências tecnológicas no mundo da beleza? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Um comentário em “Tendências tecnológicas no mundo da beleza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.