Como remover estrias de forma eficaz? – Beleza e dieta

Como remover estrias de forma eficaz?

Estudos estimaram que 90% das mulheres grávidas, 70% das mulheres adultas e 40% das adolescentes, desenvolvem problemas de pele caracterizados por sulcos enrugados na pele, ou seja, estrias. Por isso, uma dúvida comum é como remover estrias de forma eficaz?

Elas geralmente se formam na área das axilas, coxas, abdômen, peito e virilha. Os dermatologistas associam sua aparência à rápida expansão da pele, como a causada pelo ganho de peso durante a gravidez ou puberdade, rupturas no tecido conjuntivo e falta de colágeno.

Independentemente de sua origem, a verdade é que é uma preocupação estética para todos, especialmente no caso das mulheres. Portanto, muitos deles clamam por tratamentos ou técnicas eficazes para eliminá-los. 

Para ajudar você a entender mais sobre como remover estrias de forma eficaz, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

O que são estrias?

As estrias são listras irregulares da pele que geralmente são produzidas pelo estiramento. Elas são mais frequentemente vistas nos seios, quadris, coxas, nádegas, abdômen e laterais.

Elas geralmente são mostradas como linhas paralelas, inicialmente avermelhadas, brilhantes e finas, que então adquirem a aparência de uma cicatriz e, às vezes, têm uma formação de sulcos na pele com uma coloração esbranquiçada.

Essas faixas de pele com uma aparência atrófica, com um caminho reto, curvo ou sinuoso, podem medir vários centímetros de comprimento e um centímetro de largura, com uma superfície enrugada ao toque e de textura diferente, e geralmente são múltiplas, simétricas e assintomáticas.

Quando aparecem pela primeira vez, elas tendem a ser vermelhas, roxas, rosa, marrom avermelhadas ou marrom escuro, dependendo da cor da pele.

Clinicamente, elas evoluem em três estágios: Uma fase subclínica inicial, marcada pela degeneração e diminuição da função dos fibroblastos, depois a fase inflamatória que se manifesta como elevações nas formas linear, curvilínea, ondulada ou em ziguezague, de cor eritematosa e, finalmente, a fase cicatricial onde ela fica branca.

O que causa estrias?

Embora as origens das estrias não sejam completamente claras, muitos especialistas em dermatologia a associam a diferentes fatores, como alongamento rápido da pele, desequilíbrio endócrino e causas tóxicas.

A verdade é que as estrias são comuns em mulheres grávidas, especialmente durante o último trimestre da gravidez. 

Quando a pele das mulheres grávidas é rapidamente esticada devido ao ganho de peso, essa mudança abrupta faz com que o colágeno e a elastina, que seguram a pele, se quebrem e, à medida que cicatriza, as estrias começam a aparecer.

Outra possível causa do aparecimento de estrias é a alteração do processo de formação de colágeno, a substância que fornece elasticidade à pele. 

Isso pode ser devido ao uso excessivo de cremes de corticosteroides ou ao sofrimento de uma doença pré-existente, como a doença de Cushing.

A possibilidade de uma pessoa desenvolver estrias na pele aumenta devido a fatores genéticos e ao grau de estresse na pele. 

Por outro lado, o nível do hormônio cortisol no corpo também pode influenciar, de modo que esse hormônio produzido pelas glândulas suprarrenais enfraquece as fibras elásticas da pele.

Fatores de risco para o desenvolvimento de estrias

Há uma predisposição genética para desenvolver estrias e vários fatores favorecem seu aparecimento, tais como:

  • Ser mulher. Afeta 70% das mulheres entre 10 e 16 anos.
  • Tenha um histórico familiar de estrias.
  • Esteja grávida, especialmente se você for jovem.
  • Crescimento acelerado na adolescência.
  • Ter um ganho ou perda de peso acelerado.
  • Usar corticosteroides tópicos ou orais por um longo tempo.
  • Exercitar-se e tomar esteroides anabolizantes.
  • Ter um distúrbio genético, como a síndrome de Cushing.

Mas como remover estrias de forma eficaz?

As chamadas estrias geralmente são apagadas após o desaparecimento da causa que as gerou, como gravidez ou rápido crescimento da puberdade. No entanto, embora o tratamento possa fazer com que elas sejam atenuadas, elas podem nunca desaparecer em sua totalidade.

As recomendações dermatológicas mais comuns para o tratamento de diferentes formas de estrias são as seguintes:

  • Estrias vermelhas. Nesses casos, sugere-se esfoliar a pele com movimentos circulares nas estrias usando cremes esfoliantes. Além disso, o uso de cremes e óleos hidratantes que estimulam a renovação celular é benéfico.
  • Estrias roxas. Use um bom creme de estrias prescrito por um dermatologista, para esfregá-lo na área afetada por todo o comprimento das estrias até que o produto seja absorvido pela pele. O óleo de rosa mosqueta é outra excelente opção para mascarar estrias e cicatrizes, ajudando a deixar a pele lisa e clara.
  • Estrias brancas. São indicados tratamentos estéticos que aumentam a circulação local e a hidratação da pele, além de estimular a produção de colágeno, tais como: Peeling com ácido retinóico, realizado pelo dermatologista, ou o uso do laser de CO2 ou luz pulsada, que elimina completamente as estrias brancas.

Como evitar estrias?

Entre as medidas para prevenir estrias, destacam-se as seguintes:

  • Mantenha a pele hidratada. A pele bem hidratada é mais flexível e pode resistir melhor ao alongamento. É por isso que você tem que consumir água suficiente.
  • Massagens. Massagens com emolientes ajudam a promover a circulação e potencialmente minimizam o aparecimento de estrias.
  • Use retinóides. Os retinóides funcionam incentivando a produção de colágeno, o que ajuda no processo de cicatrização. No entanto, eles não são seguros durante a gravidez ou amamentação e funcionam melhor quando as estrias ainda estão vermelhas e inflamadas.
  • Cremes com ácido hialurônico. O ácido hialurônico é seguro para mulheres grávidas e lactantes, também aumenta o teor de umidade da pele, mantendo a pele flexível e elástica.

As estrias não são motivo para se alarmar, porque além de seu efeito estético, elas não representam um sério problema de saúde. De fato, com a adoção de certas medidas preventivas, o risco de desenvolvê-las pode ser minimizado.

Gostou de saber mais sobre como remover estrias de forma eficaz? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!